SOBRE O BLOGUEIRO

Sou um Beatlemaniaco. Tudo começa assim... Fiquei reprovado duas vezes no Mobral, mas nunca desisti. Hoje, sou doutor em Parapsicologia formado na mesma turma do Padre Quevedo; sou antropólogo e sociólogo formado, com honra, em cursos por correspondência pelo Instituto Universal Brasileiro. Em minha vasta carreira acadêmica também frequentei até o nono ano de Medicina Cibernética, Letras Explosivas, Química da Pesada, Direito Irregularmente torto e assisti a quase todas as aulas do Telecurso 2000 repetidas vezes até desistir de vez. Minha maior descoberta foi uma fábrica secreta de cogumelos venenosos comestíveis no meio da Amazônia Boreal. Já tive duas bandas de Rock que nunca tocaram uma música se quer. Comi duas vezes, quando criança, caspas gigantes da China pensando que era merda amarela. Depois de tudo isso, tornei-me blogueiro. Se eu posso, você pode também. Sou um homem de muita opinião e isso desagrada muita gente. Os temas postados aqui objetivam enfurecer um bom número de cidadãos.

- [Portal da Língua Inglesa] -

Facebook Badge

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

SONHAR GRANDE OU SONHAR PEQUENO DÁ O MESMO TRABALHO.

SONHAR GRANDE OU SONHAR PEQUENO DÁ O MESMO TRABALHO.

Após ler esse texto, espero que o leitor faça uma reflexão sobre suas prioridades na vida e entenda que nunca é tarde para repensar seus conceitos, suas ações. O mundo é enorme e está ai para que todos nós possamos desfrutar das suas maravilhas. Nunca desista dos seus sonhos e se for para sonhar, sonhe grande, almeje algo magnifico para sua vida, se não der certo, reescreva sua própria escola. Boa leitura!



O sonho no sentido do desejo é, sem dúvida, aquilo que move o mundo. Visualizar o que você espera da sua vida profissional, familiar, por exemplo, é algo normal na existência de toda e qualquer pessoa. Não há nada de errado em querer ser um médico, advogado ou qualquer profissional bem sucedido. Na verdade, pensar assim é a forma mais sadia de traçar metas.

Certo dia, quando ainda estava no Ensino Médio em uma cidade tão pequena que nem aparece no Google quando você coloca na pesquisa, um amigo me falou algo que vou carregar para o resto da vida. Esse companheiro de batalha me falou que o que ele queria da vida era sobreviver. Pensei de imediato: “Como alguém pode pensar tão pequeno assim?”. Dada à situação que vivíamos e as condições precárias da escola que estudávamos, esse pensamento era o mais adequado possível. Mas a verdade é que existe um mundo gigantesco esperando por você e eu lá fora e não acredito que devamos planejar nossas vidas apenas pensando em morar ou fazer uma vida inteira apenas em um local.

Com o passar do tempo, me tornei um homem ambicioso, mas não considero essa ambição algo do mal. Para ser bem sincero, hoje me sinto mais motivado por saber que sou ambicioso. Minha lógica foi a seguinte: Na vida, nós não temos muito tempo para tomarmos decisões. O mundo é muito líquido e as pessoas mudam muito rapidamente. Não acredito que querer ter sucesso na vida e passar de um conformista seja algum pecado. Se não estou enganado, o próprio Deus deixou claro que deveríamos sair pelo mundo e nos multiplicarmos; conquistarmos o mundo e nunca ser conquistado por ele.

Por outro lado, querer o que eu escrevi no paragrafo anterior não é regra. Ninguém tem obrigação de pensar como eu penso: de querer ter sucesso na vida profissional e sair pelo mundo afora.  Seria insensato da minha parte não considerar que, em um mundo com tantas pessoas que pensam diferente umas das outras, compartilhem da mesma ideia que o autor desse texto. Mas acredito, e defendo essa ideia, que se você vai sonhar pequeno ou grande, você terá o mesmo trabalho, então por que não querer algo melhor, maior e de mais qualidade?

Se você leu esse texto até o seu final, o que você acha de deixar sua opinião? Não sei quantas pessoas leem esse blog. Seria interessante saber se você concorda ou discordo do que está escrito. Na verdade, acredito que a internet sirva para outras coisas muito além do Facebook, Orkut, Twitter e seus similares. Li que uma pesquisa apontou que cada vez mais brasileiros passa mais horas na rede mundial, mas que dificilmente leem algum texto completo. Claro que é questão de escolha, mas se você tiver o interesse de comentar, sinta-se à vontade.

3 comentários:

Ingrid O. A. disse...

Desejar grandes realizações futuras é mais do que uma opinião, mais do que escolher uma posição, é uma consequência que será carregada por você durante toda a sua vida e, claro, ninguém melhor do que nós mesmos para decidir o que é bom para a gente. Encontrei bastante lógica nas suas palavras. Li também seu conto da irlandesa morta e não gostei muito - prefiro esse aqui, com a imagem de Sísifo. Inclusive, uma curiosidade me ocorreu enquanto lia seu texto - após observar a imagem, lembrei-me de quando me contaram a história de Sísifo, nos tenros anos, e era uma lembrança completamente perdida, até agora. Escreva mesmo - com a mente, com a lógica, com a razão; convicto.

Bruno Coriolano disse...

Valeu pelo Feedback.

»…Ю¡…« disse...

Olá Bruno! Tudo bem?

Olha, eu sou um dos que apoiam a valorização da autoria de pensamentos, frases, textos,... enfim tudo que expressa o íntimo do individuo vivenciador, principalmente aqui no Brasil, onde diariamente são inseridas na internet sem qualquer preocupação ou interesse em atribuir o direito de autoria à quem realmente merece, quem vivenciou e obteve, através da experiência, capacidade de chegar ao ápice e genialidade de falar e escrever coisas incríveis.

Como essa aí em cima: "Sonhar pequeno dá o mesmo trabalho de sonhar grande" - Jorge Paulo Lemann ou somente Lemann

Por favor, sempre faça a menção ao autor ORIGINAL de qualquer frase, diálogo, texto, etc, ao seu devido dono, vivemos em um país em que não continuamos o trabalho do outro, ou renomeamos o mesmo item para torná-lo nosso, mas isso não dá direito a posse, ou o torna detentor desse direito, sem contar que não é legal em uma sociedade justa e respeitosa, a qual queremos que o Brasil se torne.

Espero que entenda, participe, fazendo a correção necessária em seu texto, e repasse isso pra outros.