SOBRE O BLOGUEIRO

Sou um Beatlemaniaco. Tudo começa assim... Fiquei reprovado duas vezes no Mobral, mas nunca desisti. Hoje, sou doutor em Parapsicologia formado na mesma turma do Padre Quevedo; sou antropólogo e sociólogo formado, com honra, em cursos por correspondência pelo Instituto Universal Brasileiro. Em minha vasta carreira acadêmica também frequentei até o nono ano de Medicina Cibernética, Letras Explosivas, Química da Pesada, Direito Irregularmente torto e assisti a quase todas as aulas do Telecurso 2000 repetidas vezes até desistir de vez. Minha maior descoberta foi uma fábrica secreta de cogumelos venenosos comestíveis no meio da Amazônia Boreal. Já tive duas bandas de Rock que nunca tocaram uma música se quer. Comi duas vezes, quando criança, caspas gigantes da China pensando que era merda amarela. Depois de tudo isso, tornei-me blogueiro. Se eu posso, você pode também. Sou um homem de muita opinião e isso desagrada muita gente. Os temas postados aqui objetivam enfurecer um bom número de cidadãos.

- [Portal da Língua Inglesa] -

Facebook Badge

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Entrevista com Carlos Carbonel, um morador de rua que fala vários idiomas.





Que estilo de vida você gostaria de levar: uma vida curta e cheia de aventuras, ou uma vida longa e entediada? Vocês podem ter opiniões diferentes, mas eu estou certo de que você pararia por alguns minutos para me dá uma resposta.

Nesses vídeos, vocês poderão ver uma ótima entrevista com Carlos Carbonel, um morador de rua que largou a família e tudo o que tinha, em 1976, para fugir da Ditadura Militar, fala várias línguas e viajou por vários países. Vejam a visão desse homem que decidiu mudar de vida para se afastar do sistema.

Essa entrevista está muito boa. Esses vídeos podem servir de grandes companheiros durante alguns minutos. 





Parte 1 de 3








Parte 2 de 3




Parte 3 de 3



Todo homem decente se envergonha do governo sob o qual vive.
H.L. Mencken



Duvido muito que, depois desses vídeos, vocês não tenham sentindo uma sensação de necessidade de reflexão de suas próprias vidas. 

Na sua concepção, esse homem é um vencedor ou um perdedor? 




Um comentário:

Morini disse...

Estou vendo a entrevista!! Sensacional!!

http://www.umlivroqualquer.blogspot.com/